CAC 2012 – Plantar sonhos para colher um mar de rosas

CAC 2012 – Plantar sonhos para colher um mar de rosas
Compartilhar:

Publicado: 09/09/2012

Categorias: Novidades

Crianças são pequenos seres iluminados com amor e pureza, que trazem paz e colorem a vida com uma forma única de inocência. Para a campanha Criança Ajuda Criança – CAC, o maior presente é ver aquele largo sorriso estampado na face de um pequeno, além do amor e conforto que floresce a cada nova expressão. Foi em clima de festa e fogos de artifício, que a Drogaria FarmaBem, com o CAC 2012, levou uma carreata de alegria e diversão para as “pequenas flores” da Casa Mamãe Margarida, distribuindo brinquedos, roupas, sapatos, alimentos não perecíveis, livros e produtos de higiene pessoal, em clima de muita festa.

A Casa Mamãe Margarida é uma instituição de caráter filantrópico, social, educacional e religioso, sem fins lucrativos, dirigida pelas Filhas de Maria Auxiliadora (Irmãs Salesianas). Fundada em 02 de abril de 1986, com o propósito de atender a população infanto-juvenil, a entidade está localizada no bairro São José e acolhe aproximadamente 400 meninas e adolescentes de 06 a 18 anos, que se encontram em situações de vulnerabilidade e risco social. São realizados dois programas: o sistema socioeducativo e o de abrigo.

Teatrinho e pinturas de rosto fizeram a alegria das “pequenas flores” e despertaram preferências. Juliana Costa da Silva, de 9 anos, se mostrou bastante empolgada e revelou suas aptidões: “Estou me divertindo muito com os personagens fantasiados. Eles contam histórias que me fazem rir. Também gosto de arte. Ainda agora, a moça desenhou uma flor no meu rosto. Ficou tão bonito que estou indo lá, de novo, pedir uma no braço. Será que ela faz?”.

Em momentos de descontração e solidariedade, os colaboradores, parceiros e familiares do Grupo SB, fantasiados de personagens infantis, despertaram a atenção da criançada, repassando valores com encenações, danças e distribuição de guloseimas – dentre elas: pipoca, pizza, cachorro-quente, sorvete e churros. Brincadeiras dos tempos de nossos pais e avós também foram resgatadas, nesta edição – aproveitando para ensinar outras formas e possibilidades de se criar jogos e fazer a diversão, sem precisar gastar.

A satisfação e o entusiasmo ganharam a expressão de cada criança, que recebeu o CAC 2012 de braços abertos, incentivando a comunidade a participar de mais ações voluntárias.  Além de atividades lúdicas e educativas, as meninas puderam cuidar da beleza. “Eu ganhei um penteado, comi muita coisa gostosa e brinquei no pula-pula. Isso é ser feliz”, contou Lorena Barbosa Araújo, de 11 anos.

A cada ano, o CAC faz a diferença na vida de milhares de crianças, distribuindo não só donativos, mas também sonhos e esperanças de um futuro melhor. Celebramos a infância e possuímos o compromisso social de lutar pelos direitos mínimos de cada criança em situação de risco, para que elas tenham o direito de brincar, estudar e viver longe da exploração, com carinho e proteção.

Newsletter


BLOG MAIS VISTOS


CAC 2012 – Plantar sonhos para colher um mar de rosas

CAC 2012 – Plantar sonhos para colher um mar de rosas

Leia Mais
Mantendo o brilho e a suavidade dos cabelos tingidos

Mantendo o brilho e a suavidade dos cabelos tingidos

Leia Mais
Carinho e dedicação para cuidar da sua saúde

Carinho e dedicação para cuidar da sua saúde

Leia Mais
É tempo de renovar, sonhar e acreditar que os sonhos podem se realizar

É tempo de renovar, sonhar e acreditar que os sonhos podem se realizar

Leia Mais

SIGA-NOS


Posts relacionados

Conhece a vacina BCG? A marquinha que salva!
Conhece a vacina BCG? A marquinha que salva!

A vacina BCG (Bacilo de Calmette e Guérin) é necessária para prevenir e combater a tuberculose. Veja como funciona, seus efeitos e importância.

Leia mais
Comunicação inclusiva: 5 passos para facilitar a relação com pessoas surdas
Comunicação inclusiva: 5 passos para facilitar a relação com pessoas surdas

Selecionamos alguns comportamentos que podem ajudar a adotar uma comunicação mais inclusiva na hora de se relacionar com pessoas surdas.

Leia mais
Junho Vermelho: Quem Pode Doar Sangue?
Junho Vermelho: Quem Pode Doar Sangue?

Junho Vermelho chegou deixando dúvidas sobre quem pode ou não doar sangue. Confira o que é, importância e quem pode participar dessa campanha.

Leia mais