7 itens que podem te ajudar durante situações de emergências

 7 itens que podem te ajudar durante situações de emergências
Compartilhar:

Publicado: 23/02/2021

Categorias: Novidades

Quem não conhece aquela pessoa que sempre tem um remedinho quando você mais precisa, não é mesmo? Felizmente existem pessoas assim para nos ajudar durante situações de emergências.

Mas calma, não é qualquer tipo de medicamento que você pode armazenar assim sem necessidade em casa. É preciso saber o que realmente pode ser útil e que não há necessidade de prescrição médica. 

Para lhe ajudar a montar seu kit básico para lidar com imprevistos do dia a dia, separamos 7 itens que não podem faltar na sua casa em situações de emergências. Confira!

 

  • Antitérmicos

Os antitérmicos, também conhecidos como antipiréticos, são medicamentos utilizados para combater a febre, que ocorre pela elevação repentina da temperatura do corpo. Alguns dos mais conhecidos e que possivelmente você tem em casa (ou deveria ter) são: a dipirona, o ibuprofeno e o paracetamol.

Devemos lembrar que a febre é uma condição desencadeada por meio da presença de algum tipo de enfermidade no corpo. Por isso, os antitérmicos podem sim ajudar a diminuir a temperatura do corpo nestes casos, porém, será necessário ainda consultar um especialista para encontrar a causa raiz do problema.

 

  • Analgésicos


Os analgésicos são medicamentos utilizados para aliviar dores de cabeça ou dores no corpo. Assim como os antitérmicos, eles também agem na condição momentânea de dor, aliviando-a, como uma forma de anestesia.

Porém, essas dores também podem estar associadas tanto a fatores simples, como estresse, quanto a outras doenças mais graves. Por isso, sempre busque  auxílio médico caso as dores persistam.

Para quem quer estar preparado em casa, aqui estão alguns dos analgésicos mais utilizados: paracetamol, dipirona, ibuprofeno, diclofenaco ou nimesulida. Caso você suspeite que tenha alergia a alguma substância presente nesses medicamentos, não hesite em consultar um médico e entender qual é o mais recomendado para você.

 

  • Remédio contra prisão de ventre e diarreia


Tanto a prisão de ventre quanto a diarreia, são condições que podem estar associadas principalmente com sua alimentação. Por isso, na maioria dos casos podem ser prevenidas com uma dieta saudável e equilibrada.

Mas caso estes sintomas sejam recorrentes ou demorem a passar, consulte um médico para indicar o melhor tratamento. Entre os medicamentos mais recomendados para tratar esses males estão os laxantes como: Lacto purga, Dulcolax, Lactuliv, Minilax, Almeida Prado 46, Naturetti, FiberMais e Laxol.

 

  • Pomada para queimaduras e picadas de insetos


Incidentes podem acontecer a qualquer momento, não é mesmo? Principalmente quando há a presença de crianças em casa.

Por isso, em casos de queimaduras leves, que podem ser tratadas em casa, não utilize receitas caseiras como pasta de dente no local atingido. Pois pode prejudicar a cicatrização. O correto é fazer a aplicação de pomadas destinadas ao tratamento de queimaduras, como Bepantol, Nebacetin, Esperson e Dermazine. 

Além disso, sempre é bom ter em casa as pomadas para o tratamento de picadas de insetos, como o Polaramine, Andantol, Minancora, Cortigen e Fenergan, que aliviam a coceira e o inchaço no local.

 

  • Anti-inflamatórios


Os anti-inflamatórios são medicamentos utilizados para evitar ou amenizar uma possível inflamação na região com ferimento. Apesar de terem sua venda sem restrição – isto é, sem necessidade de receita médica – devem ser consumidos com cuidado e, sempre que possível, com orientação de um especialista.

Os anti-inflamatórios mais conhecidos são o Diclofenaco, Ibuprofeno, Naproxeno, Nimesulida, Indometacina, Cetoprofeno, Ácido mefenâmico e Piroxicam. Como você pode ver, já falamos de alguns deles anteriormente. Isso porque alguns têm tanto o efeito anti-inflamatório, quanto analgésico e antitérmico.

 

  • Curativos adesivos


Estes são alguns dos itens que você deve carregar no bolso, na carteira e na mochila, pois sempre alguém está precisando. Eles são indispensáveis para a prevenção da inflamação de uma ferida, por exemplo.

Isso acontece porque o papel dos curativos adesivos é, depois de lavar bem a região ferida, isolá-la contra possíveis infecções. Isto é, impedir a entrada de bactérias no local que está exposto.

 

  • Itens de primeiros socorros


Além do que já citamos até agora, recomendamos que tenha em casa também os principais itens de primeiros socorros, como gazes, algodão, esparadrapos, álcool e soro fisiológico.

É claro, que com medicamentos mais comuns, que possuem venda sem restrição médica. Além disso, frisamos que o recomendado sempre é consultar um médico para que ele avalie e indique os medicamentos corretos para você.
 

Newsletter


BLOG MAIS VISTOS


Mais um passo rumo ao sucesso

Mais um passo rumo ao sucesso

Leia Mais
Pequenos grandes cuidados

Pequenos grandes cuidados

Leia Mais
Mantendo o brilho e a suavidade dos cabelos tingidos

Mantendo o brilho e a suavidade dos cabelos tingidos

Leia Mais
Problemas de visão: descubra 3 doenças que mais afetam os idosos

Problemas de visão: descubra 3 doenças que mais afetam os idosos

Leia Mais

SIGA-NOS


Posts relacionados

Conhece a vacina BCG? A marquinha que salva!
Conhece a vacina BCG? A marquinha que salva!

A vacina BCG (Bacilo de Calmette e Guérin) é necessária para prevenir e combater a tuberculose. Veja como funciona, seus efeitos e importância.

Leia mais
Comunicação inclusiva: 5 passos para facilitar a relação com pessoas surdas
Comunicação inclusiva: 5 passos para facilitar a relação com pessoas surdas

Selecionamos alguns comportamentos que podem ajudar a adotar uma comunicação mais inclusiva na hora de se relacionar com pessoas surdas.

Leia mais
Junho Vermelho: Quem Pode Doar Sangue?
Junho Vermelho: Quem Pode Doar Sangue?

Junho Vermelho chegou deixando dúvidas sobre quem pode ou não doar sangue. Confira o que é, importância e quem pode participar dessa campanha.

Leia mais